11 97490-8694 24h  | 11 97480-2579 | 11 4711-1829 
  • Tratamento <span>Dependência Química<br /> e Alcoolismo</span>

    Tratamento Dependência Química
    e Alcoolismo

    Quando diagnosticada, a dependência química deve contar com acompanhamento a médio-longo prazo para assegurar o sucesso do tratamento, que varia de acordo com a progressão e gravidade da doença.

    Leia Mais
  • Tratamento <span>Voluntário<br /> e Involuntário</span>

    Tratamento Voluntário
    e Involuntário

    Tratamento Clínico, Psicológico, Psiquiátrico, Desintoxicação, Conscientização e Motivação, Terapia de Grupo, Programa de Prevenção à Recaída.

    Leia Mais
  • <span>Remoção</span> e Abordagem

    Remoção e Abordagem

    Remoção e Abordagem para tratamentos Involuntários e Voluntários. Atendimento 24 Hs

    Leia Mais
Nós Ligamos Para Você!

Loading...

Unidades de Tratamento

Unidades de Tratamento Recentes

r2
Unidade São Roque – SP

Clinica de Recuperação Masculina
Valor: Sob consulta

Leia Mais
filial69-5
Unidade Itatiba 2 – SP

Clinica de Recuperação Feminina
Valor: Sob consulta

Leia Mais
Fotos_Itu__(8)
Unidade Itu 1 – SP

Clinica de Recuperação Masculina
Valor: Sob consulta

Leia Mais
embu3
Unidade Embu Guaçu 3 – SP

Clinica de Recuperação Masculina
Valor: Sob consulta

Leia Mais

Tratamento de Dependencia Química e Alcoolismo

O tipo de ajuda mais adequado para cada pessoa depende de suas características pessoais, da quantidade e padrão de uso de substâncias e se já apresenta problemas de ordem emocional, física ou interpessoal decorrentes desse uso.

O Que Causas a Dependência Química?

O Que Causas a Dependência Química?

A dependência química é uma doença crônica e multifatorial, isso significa que diversos fatores contribuem para o seu desenvolvimento, incluindo a quantidade e frequência de uso da substância, a condição de saúde do indivíduo e fatores genéticos, psicossociais e ambientais.

Sintomas de Dependência Química

Sintomas de Dependência Química

- Desejo incontrolável de usar a substância - Perda de controle (não conseguir parar depois de ter começado) - Aumento da tolerância (necessidade de doses maiores para atingir o mesmo efeito obtido com doses anteriormente inferiores ou efeito cada vez menor com uma mesma dose da substância).

Tratamento de Dependência Química

Tratamento de Dependência Química

A avaliação envolve profissionais da saúde, como médicos, psiquiatras, psicólogos, terapeutas, educadores, assistentes sociais e outros. Diagnosticada a doença, deve haver acompanhamento a médio-longo prazo para assegurar o sucesso do tratamento que varia de acordo com a gravidade da doença.

Saiba Mais

Outras Informações sobre a doença da Dependência Química e Alcoolismo

Leia Mais
Leia Mais
Leia Mais